Navegando em " lâmpadas fluorescentes"
mai 21, 2012
Metagreen

O que fazer com lâmpadas fluorescentes usadas?

Muitas pessoas não conhecem o risco de jogar no lixo doméstico lâmpadas fluorescentes usadas.

Mas o que fazer para descartá-las de forma ecologicamente correta?

Vejamos algumas instruções:

As lâmpadas fluorescentes contém mercúrio no estado gasoso em seu interior, gás altamente tóxico e perigoso ao aspirá-lo quando a lâmpada se quebra. Esse gás pode ser liberado durante semanas no ambiente, dependendo da temperatura.

O pó contido nas lâmpadas fluorescentes podem provocar sérias alergias na pele e o vapor de mercúrio, se aspirado, contaminará os pulmões. O limite de tolerância para o ser humano é baixo, por isso, qualquer que seja a quantidade de vapor de mercúrio liberado no ar pode contaminar a pessoa e todo o ambiente.

Pessoas que trabalham com lâmpadas fluorescentes devem tomar certos cuidados ao manuseá-las: usar máscaras de carvão ativado, óculos de proteção, avental, luvas e botas plásticas.

Se uma dessas lâmpadas se quebrar, o local deve ser limpo por aspiração, depois deve-se borrifar água sanitária na área e lavar com água corrente imediatamente. Depois é preciso coletar os cacos e colocar em uma embalagem estanque lacrada para não ferir ninguém e para evitar a contínua liberação do mercúrio.

Para descartar as lâmpadas fluorescentes, é precido armazenar em local seco na própria caixa da embalagem original. Respeitar os limites de estocagem indicados nas embalagens. A lâmpada deve ser protegida contra eventuais choques para não haver rupturas. Se não puder guardar as lâmpadas fluorecentes na própria embalagem, utilizar caixas de papelão ou outro recipiente seguro. Continue lendo »

Gostou? Compartilhe: